Atenção!!!!!!

Em breve esse blog irá mudar de endereço, para melhorar o serviço a todos os nossos amigos…

Obrigado,,,e fiquem ligados…

Extrato para captura de novos enxames…

Muita gente usa apenas cerume e própolis sujo ou velho para fabricação de Solução de Álcool/cerume para captura de novos enxames…

Na verdade nos últimos testes que vim fazendo notei que a capacidade de atração de novos exames,foi bem maior naquelas iscas que usei extrato preparado com cerume e própolis frescos…

 

 

 

 

 

 

 

 

Use também álcool de boa qualidade,e após fazer a aplicação do extrato na garrafa ou caixa deixe-os ao sol por pelo menos 4 horas…As abelhas não gostam nenhum pouco do cheiro de álcool.

Também não deixe a solução muito “rala”, deixe ela meio grossa para que se forme uma camada grossa na isca…

Boa sorte a todos os “caçadores”!!!

Mel de Jatai pode ajudar no tratamento de Catarata

 

 

 

Muito se fala sobre o mel de Jataí para catarata e embora nós acadêmicos tenhamos dificuldades de entender ser possível mudar um cristalino envelhecido, já tive oportunidade de ver vários depoimentos comprovando a melhora da catarata com o mel de Jataí.

Aprendemos na faculdade que catarata é o envelhecimento do cristalino. Este envelhecimento começa quando nascemos, pois apesar do cristalino ser um tecido transparente, este vai incorporando novos núcleos e como conseqüência o tecido vai opacificando.

Se tratando dos exercícios visuais é fácil entender a melhora do cristalino porque os movimentos melhoram o tônus das zônulas (sustentador do cristalino) e ainda há uma melhora da circulação da área, facilitando o transporte dos nutrientes.

Os exercícios também irão facilitar a flexibilidade do cristalino, ficando mais fácil curvar-se, melhorando a visão de perto.

O mel de jataí contém substâncias capazes de substituir antibióticos.

As doutoras Marilda Cortopassi Laurino e Dilma S.Gallis, fizeram uma pesquisa no Instituto Adolfo Lutz em S.Paulo, quando examinaram 14 amostras de méis de meliponíneos inclusive o mel de Jataí, constatando ação antibacterianas superior ao mel de Apis mellifera.

O mel de Jataí não possui sacarose, é composto por levulose,  uma substância mais doce que a sacarose, numa concentração de mais ou menos 45% e de dextrose com uma média de 25%, muita água, por isso é mais fino e liquefeito em relação ao mel de Apis.

Além de catarata, o mel de Jataí é usado para tosse, bronquite e cicatrização de feridas.

O mel de jataí tem uma textura mais fina que os outros méis, assim como seu stabor que é mais ácido e ligeiramente azedo.

O mel de Jataí deve ser guardado sob refrigeração, evitando a fermentação e para quem quer usar para catarata deve pingar apenas 1 gota em cada olho, uma vez por dia, mas como é forte e arde muito, aconselha-se usar uma colher de chá diluída em meio copo de água filtrada ou água de coco fresca (nunca industrializada).

Suzete é Naturopata, Iridóloga e Instrutora dos Exercícios Visuais. Autora do livro: Cuide de Seus Olhos

Contato: suzete@saudeintegral.com

Sites: http://www.saudeintegral.com, http://www.iridologiasp.com.br e http://www.metodobates.com.br